16 de novembro de 2015

Olá, mundo!

Bem-vindo ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

Benefícios de SAP

A era do computador trouxe uma série de mudanças em nossas vidas. Ele fez um monte de coisas mais fáceis para muitas pessoas e abriu uma série de oportunidades para muitas pessoas. Há uma série de programas de treinamento que estão sendo oferecidos, a fim de permitir que uma pessoa para construir uma carreira na indústria da informação e do computador. Um tal treinamento é o Curso SAP. Cursos de formação SAP oferecem uma série de excelentes oportunidades, pois há uma série de benefícios para as pessoas que se dedicam a este programa de treinamento. Abaixo estão alguns dos benefícios que os cursos de formação SAP oferecem.

oportunidade-de-sap

Melhores oportunidades de emprego
Não é rigorosa competição na área de TI e informática indústria de agora, e é altamente recomendável para profissionais de TI para melhorar-se constantemente, a fim de estar à frente da concorrência. Alistando-se em um curso de treinamento SAP e completá-la, você está colocando-se em uma posição onde você pode obter mais oportunidades de emprego do que outros com um melhor salário e condições de trabalho. Cursos de formação SAP equipá-lo com as habilidades necessárias que um grande número de empregadores na indústria de TI está procurando. Cursos SAP permitem que você seja um ajuste perfeito para todas as oportunidades de emprego e traz o seu valor como um profissional para um nível superior.

Mais oportunidades de formação

Além de abrir mais portas para melhores oportunidades de emprego, cursos de formação SAP também pode ser seu trampolim para outros programas de formação que lhe permitirá melhorar suas habilidades como profissional de TI. Ele permite que você se tornar melhor no que você faz e prepará-lo para entender módulos de formação mais complicadas. Isso também permite que você adicione itens ao seu conjunto de habilidades e se você estiver certificado, você pode até mesmo realizar treinamentos para outros indivíduos. Empregadores e outros profissionais de TI seria considerá-lo como um ativo e vai apoiar o seu crescimento.

Termos mais buscados
  • curso de sap em manaus
  • curso de sap manaus
  • curso sap em manaus
  • Sap curso analista de folha de pagamento

SAP e ITST criam app para varejo

A SAP Brasil e a ITST anunciam o desenvolvimento conjunto de um aplicativo móvel para gerenciamento de operações, automatização e padronização do atendimento de pedidos de venda de grandes varejistas.

ITST é um dos parceiros da iniciativa SAP Co-Innovation Lab. Foto: divulgação.

  • ITST firma OEM para mobilidade com SAP
  • SAP Labs de portas abertas
  • SAP cresce a oferta para pequenas

O ITST e-Commerce Integration é projetado em sistema Android, mas também roda em iOS e Windows Phone, foi desenvolvida no Laboratório de Coinovação da SAP (Co-Innovation Lab – COIL), em São Paulo, e está disponível na SAP Store.

Segundo Fabricio Cordeiro, diretor de Soluções da ITST, o app permite integração com ferramentas de e-commerce, m-commerce e força de venda móvel, e possui certificação SAP Certified Mobile App.

A nova solução é parte do acordo de OEM que a ITST firmou com a SAP em abril deste ano, quando anunciou o fornecimento do SAP Sybase Unwired Platform em suas soluções de mobilidade.

Além desta parceria, a empresa também tem uma aliança de Software Tecnologia com a SAP, que possibilita a certificação de seus produtos pela multi alemã.

COIL
O SAP Co-Innovation Lab (COIL) Network é um conjunto de equipes de especialistas e instalações globalmente distribuídas, voltado a projetos em colaboração entre a SAP e empresas parceiras.

Os laboratórios têm nuvem própria privada e ambiente de colaboração para desenvolvimento de soluções em cloud, mobilidade, big data, analytics e, especialmente, computação em memória com base no SAP Hana.

Globalmente, as operações dos laboratórios são suportadas por Cisco, Intel, Netapp e VMware.

A iniciativa COIL foi lançada em 2007. No Brasil, o laboratório foi inaugurado em outubro de 2010.

Yammer é cada vez mais importante para a Microsoft

A Yammer continua a crescer e ganhar popularidade entre as empresas e pode servir como atrativo para incentivá-las, e também à clientes de aplicativos da Microsoft, a adotar os produtos e serviços da gigante de Redmond na nuvem.

Segundo a Microsoft, o número de usuários registrados da Yammer aumentou de cinco milhões de há um ano para quase oito milhões hoje. Isto inclui as pessoas que usam a versão gratuita da rede social. Mas a empresa afirma que os usuários pagam triplicaram no último ano.

Esses clientes pagos são em grande parte responsáveis ​​pela Microsoft ter desembolsado uma quantia considerável na aquisição da rede social corporativa, diz o analista da Aragon Research, Jim Lundy. Pelo menos 85% dos funcionários de empresas Fortune 500 usam a Yammer, de acordo com a Microsoft, e este é um grande trunfo para que a comapnhia possa oferecer a eles todos os  seus produtos na nuvem. Especialmente o SharePoint, salienta Lundy. “É uma maneira simples de aumentar as vendas externas do SharePoint”, conclui ele.

A Yammer é uma ferramenta de rede social para a colaboração empresarial e tem uma vasta gama de funcionalides como o envio de mensagens, criação de grupos e conteúdo específico para compartilhar com os outros através de mensagens instantâneas. Ela também suporta um repositório de arquivos para grupos, que armazena e recupera o conteúdo relevante, que também pode ser anexado a mensagens Yammer. Você também pode usar hashtags para melhorar a busca de temas específicos.

Agora, a Microsoft pretende alargar o âmbito do Yammer para outras áreas, incluindo a melhoria da interoperabilidade com o e-mail. Diz-se também que a troca de documentos criados no Office 365, via Yammer, será melhorada.

A Microsoft admite que está apostando que as empresas adotem a mídia social como ferramenta básica para a comunicação, coordenação e colaboração interna. Por esse motivo, está investindo significativamente no Yammer.

Lundy enfatizou que embora existam sobreposições de software com algumas funcionalidades do SharePoint, a facilidade de uso e administração da Yammer a tornarão ainda mais atraente. Na verdade, o próprio analista afirma ser capaz de fazê-la funcionar em meia hora, sem a necessidade de recorrer a um especialista em gestão de sistemas.

A Microsoft também tem sido agressiva em seus preços, reduzindo os custos mensais por usuário de 15 dólares para quase 3 dólares. Valor que representa uma pressão enorme para os seus concorrentes, jive, Socialcast VMware, SAP StreamWork e outros que cobram entre 18 e 23 dólares , diz Lundy.

GSMA ressalta o sucesso da Mobile Asia Expo 2013

LONDRES, 30 de junho de 2013 /PRNewswire/ — A GSMA informou hoje que mais de 20.500* visitantes únicos de 77 países compareceram à Mobile Asia Expo 2013, que ocorreu entre os dias 26 e 28 de junho em Xangai. A conferência e exposição com duração de três dias atraiu executivos das maiores e mais influentes operadoras de serviços móveis, fabricantes de dispositivos, fornecedores de equipamentos, empresas de software e empresas de internet, bem como representantes do governo e consumidores conhecedores de tecnologia. O programa da conferência atraiu mais de 2.100 participantes, e mais de 50 por cento dos representantes ocupam cargos de chefia, entre eles 130 diretores gerais.

“Estamos muito felizes pelo número de pessoas que vimos esta semana. O grande nível de comparecimento, particularmente entre o grupo de executivos das principais empresas de comunicações do mundo, ressalta a importância da Ásia no cenário móvel global”, comentou John Hoffman, diretor geral da GSMA Ltd. “Da conferência à exposição, passando pelas várias reuniões e eventos da Mobile Asia Expo, os participantes puderam vivenciar a visão do ‘futuro conectado’ hoje.”

A Mobile Asia Expo 2013 contou com quase 200 estandes de exposição e ocupou 25.000 metros quadrados brutos de espaço para exposições e reuniões de negócios. Mais de 640 analistas internacionais da mídia e da indústria participaram do evento para informar sobre os vários anúncios do setor realizados na Mobile Asia Expo.

Líderes do setor e do governo se reúnem em Xangai
A Mobile Asia Expo abriu as portas no dia 26 de junho, com discursos de Franco Bernabe, presidente da GSMA, Shang Bing, vice-ministro do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, e Zhou Bo, vice-prefeito de Xangai. O programa de conferências de dois dias da Mobile Asia Expo contou com discursos de líderes de organizações como Alcatel-Lucent, China Mobile, Datang Telecom Technology Industry Group, Huawei, Indosat, ITU, KT, Ruckus Wireless, SK Planet, SK Telecom, Telenor, Telstra e Ubuntu.

Além dos discursos, a conferência Mobile Asia Expo incluiu a GTI Asia Conference, bem como sessões abertas direcionadas que examinaram as principais tendências e problemas dos serviços móveis. A Mobile Asia Expo também contou com várias outras reuniões, como a Reunião de Vida Conectada da Ásia, o Fórum de Cidades Inteligentes e a Reunião de Direitos de Propriedade Intelectual ETSI-GSMA.

Fórum de Políticas Públicas da GSMA
Dada a importância da política de som do governo para o ecossistema móvel e o impacto que a região Ásia-Pacífico possui em escala global, a GSMA realizou o segundo Fórum Anual de Políticas Públicas na Mobile Asia Expo, reunindo mais de 70 intervenientes importantes dos governos, agências reguladoras, organizações internacionais, operadoras de serviços móveis e fabricantes do setor na região. Com o tema “Alcançando a conectividade total”, o fórum de 2013 analisou o ambiente regulamentar que ajudará a oferecer serviços, gerar crescimento e melhorar a vida na região Ásia Pacífico e fora dela.

Exposição: apresentando empresas líderes no ambiente móvel
A exposição Mobile Asia Expo apresentou empresas de todo o ecossistema móvel, bem como de setores adjacentes, como a Accenture, Alcatel-Lucent Shanghai Bell, Amazon China, ATT, China Mobile, China Telecom, China Unicom, Chunghwa Telecom, Dell, Facebook, Huawei, Lenovo, Mozilla, NEC, Oracle, Samsung, Sharp, SK Telecom, Sony Mobile Communications, Telecom Italia Sparkle, The Coca-Cola Company, Toshiba, Ubuntu, Visa e ZTE, entre outras.

A Expo contou com vários pavilhões e áreas focadas em temas ou regiões específicos, como o pavilhão de inovação, o pavilhão de realidade aumentada, a área de jogos e o pavilhão de entretenimento móvel. Os presentes também participaram de uma variedade de apresentações informativas nos laboratórios de inovação, patrocinados pela FingerQ e Orange, bem como conferências de desenvolvedores de aplicativos e sessões de laboratório de aplicativos no App Planet.

Cidade conectada no coração da Mobile Asia Expo
Pela primeira vez, a exposição Mobile Asia Expo contou com a cidade conectada. Em 1.600 metros quadrados, a cidade conectada exibiu uma variedade de produtos e serviços móveis conectados, proporcionando aos participantes da Mobile Asia Expo a oportunidade de vivenciar a “vida conectada” em primeira mão. Entre os parceiros da cidade conectada estão a China Mobile, Cisco, Ford Motor Company, Huawei, KT e SAP.

Experiência NFC: trazendo a tecnologia NFC à vida
Os participantes da Mobile Asia Expo que possuíam um celular habilitado para NFC puderam aproveitar a tecnologia NFC em locais da exposição, no Kerry Centre e no Kerry Shopping Centre da vizinhança. A China Mobile foi a operadora parceira oficial da experiência NFC, e entre os parceiros de apoio estão a Samsung, Huawei, China UnionPay, Sandpay, Shanghai Pudong Development Bank e Shanghai COS Software Co., Ltd.

Parceiros da Mobile Asia Expo 2013
As organizações de apoio da Mobile Asia Expo incluem a Comissão Municipal de Economia e Informatização de Xangai e o governo da área nova de Pudong. Entre os parceiros estratégicos da Mobile Asia Expo estão a Associação de Comunicações Móveis da China (China Mobile Communications Association, CMCA), o Comitê de Marketing por Internet da China (Internet Marketing Committee of China, IMCC), a Associação da Indústria de Comunicação de Xangai (Shanghai Communication Industry Association, SCIA) e a Associação de Tecnologia de Teste Terminal de Telecomunicações (Telecommunication Terminal Testing Technology Association, TAF). Os parceiros oficiais de imprensa incluem a BesTV, Shanghai Media Group (SMG), Bloomberg, CNBC, Sina e Tencent. A China Mobile é o patrocinador platinum do evento para a Mobile Asia Expo.

“Agradecemos a todos que contribuíram para o sucesso da nossa segunda Mobile Asia Expo, inclusive ao governo da China, à cidade de Xangai, à China Mobile, nosso patrocinador platinum do evento, e a todos os nossos expositores, patrocinadores, parceiros e participantes”, declarou Hoffman. “Estamos ansiosos para voltar a Xangai no próximo ano, com base no sucesso do nosso evento de 2013.”

A Mobile Asia Expo 2014 ocorrerá na semana do dia 9 de junho de 2014. A data específica e maiores detalhes sobre o evento de 2014 serão disponibilizados nos próximos meses.

Para a cobertura de notícias e destaques em vídeo da Mobile Asia Expo, acesse o Mobile World Live em http://www.mobileworldlive.com/mobile-asia-expo/. Reprises das apresentações dos discursos da Mobile Asia Expo também serão disponibilizadas no Mobile World Live nas próximas semanas.

Nota ao editor: *Esse valor representa o número de participantes individuais do evento, inclusive representantes, expositores, prestadores de serviços e imprensa; ele não representa o número total de entradas no evento.

Sobre a GSMA
A GSMA representa os interesses de operadoras de serviços móveis em todo o mundo. Presente em mais de 220 países, a GSMA reúne cerca de 800 operadoras de serviços móveis do mundo, com mais de 230 empresas do ecossistema móvel mais amplo, inclusive fabricantes de aparelhos, empresas de software, fornecedores de equipamentos e empresas de internet, bem como organizações de setores da indústria como serviços financeiros, cuidados com a saúde, mídia, transporte e serviços públicos. A GSMA também organiza eventos líderes no setor, como o Mobile World Congress e a Mobile Asia Expo.

Para mais informações, acesse o site corporativo da GSMA em www.gsma.com ou o Mobile World Live, o portal online para o setor de comunicações móveis, em www.mobileworldlive.com

Contatos para a imprensa:

Para a GSMA
Charlie Meredith-Hardy
+44-7917-298428
CMeredith-Hardy@webershandwick.com

Ava Lau (Hong Kong)
+852-2533-9928
alau@webershandwick.com

Assessoria de imprensa da GSMA
press@gsma.com

FONTE  The GSMA

 

 

FONTE The GSMA

The GSMA

SAP cria conselho de canais

A SAP Brasil anunciou nesta quinta-feira (27/06) a criação do Conselho Nacional de Canais SAP (CNCS), como forma de ficar mais próxima de seu ecossistema. O grupo realizará encontros trimestrais para discutir ações de governança corporativa, fusões e aquisições, busca de capital externo, entre outros assuntos.

Campeões do Canal 2013: escolha seu fornecedor favorito
Assine a newsletter da CRN Brasil
Siga a CRN Brasil no Twitter
Curta a Fan Page da CRN Brasil
Faça parte da comunidade CRN Brasil no LinkedIn

Em comunicado, o grupo explicou que também pretende explorar as ideias apresentadas pelos parceiros nas reuniões e desenvolvê-las de forma colaborativa para encontrar a solução mais adequada ao negócio de cada empresa.

“Queremos atingir um crescimento sustentável e para isso devemos entender as perspectivas dos nossos parceiros. Nossa missão é acelerar o crescimento das parceiras e da SAP, traçando em conjunto planos de ações e os próximos passos para questões de capital, especialização ou mão de obra”, explicou Sandra Vaz, vice-presidente de vendas, ecossistemas e canais da SAP Brasil, por meio de nota.

No primeiro trimestre de 2013, o crescimento das vendas indiretas da companhia foi de 65%, em relação ao mesmo período do ano passado. Hoje, 27% das vendas da SAP Brasil são realizadas de maneira indireta e o objetivo é chegar aos 40% até 2015.

Saiba mais:

SAP adquire hybris, provedora de software para e-commerce

Bolsas da Europa encerram o mês com perda de 5,27%

As bolsas da Europa fecharam em queda nesta sexta-feira, 28, após indicadores mistos no continente e também nos Estados Unidos. Comentários de dirigentes do Federal Reserve, o banco central norte-americano, também influenciaram o humor dos investidores. Além disso, ajustes de carteira com o fim do mês e do trimestre pesaram sobre os principais índices acionários. O indicador pan-europeu Stoxx 600 perdeu 0,49%, fechando em 285,02 pontos. Na semana a alta foi de 1,65%, em junho a retração chega a 5,27% e no segundo trimestre houve queda de 2,98%.

Na Europa, o índice Eurocoin de atividade econômica caiu para -0,18% em junho, de -0,15% em maio, segundo dados do Banco da Itália e do Centro de Pesquisa de Política Econômica (CEPR). Na Alemanha, as vendas no varejo em maio aumentaram 0,8% ante abril, após três meses consecutivos de queda, superando as previsões de economistas de uma baixa de 0,3%. E na Itália o índice de confiança das empresas subiu para 90,2 em junho, de 88,7 em maio, atingindo o maior nível em 15 meses, segundo o Istat.

Enquanto isso, nos EUA o índice de atividade dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial de Chicago, medido pelo Instituto para Gestão de Oferta (ISM), caiu para 51,6 em junho, de 58,7 em maio. Analistas ouvidos pela Dow Jones esperavam um recuo menor do indicador, para 55,0. Já a confiança do consumidor, medida pela Reuters/Universidade de Michigan, subiu para 84,1 na leitura final de junho, de 82,7 no resultado preliminar, mas ficou abaixo do nível de maio, de 84,5. Mesmo assim o resultado veio acima das expectativas dos analistas ouvidos pela Dow Jones, que esperavam uma leitura de 83,0.

Hoje mais dois dirigentes do Fed comentaram sobre as projeções para a política monetária dos EUA, em uma tentativa de dar mais clareza e acalmar os mercados. O discurso de Jeremy Stein, entretanto, não foi bem-sucedido. Ao dizer que o banco central precisa analisar um conjunto de dados quando decidir diminuir suas compras de bônus, Stein citou setembro como possível prazo para que isso ocorra. “A melhor abordagem para o Fomc é deixar claro que, ao tomar uma decisão em setembro, por exemplo, ele dará mais peso ao conjunto de notícias que se acumulou desde o início do programa e não será influenciado por dados das últimas semanas antes da reunião”, afirmou.

Nesse cenário, o índice DAX, da Bolsa de Frankfurt, perdeu 0,39%, fechando a 7.959,22 pontos. Na semana, entretanto, houve alta de 2,18%. O Deutsche Bank perdeu 2,97%, a Merck recuou 2,34% e a SAP teve desvalorização de 3,00%.

Em Paris, o índice CAC-40 caiu 0,62%, encerrando a sessão a 3.738,91 pontos. Mesmo assim, no resultado acumulado da semana o indicador ganhou 2,21%. Entre as maiores quedas aparecem Capgemini (-3,01%), Credit Agricole (-2,02%), Société Générale (-4,17%) e Renault (-2,31%).

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE teve queda de 0,45% e fechou a 6.215,47 pontos. Na semana a alta ficou em 1,62%. Os investidores se preparam para a primeira reunião do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) sob a presidência de Mark Carney, na semana que vem. Hoje a mineradora Anglo American subiu 0,08%, depois de afirmar que continua estudando a venda de uma fatia minoritária no seu projeto Minas Rio, no Brasil, mas somente “quando for a hora certa”.

Em Milão, o índice FTSE-Mib teve queda de 1,24%, para 15.239,28 pontos, o que levou o resultado na semana para retração de 0,62%. O índice IBEX-35, da Bolsa de Madri, registrou perda de 1,04%, para 7.762,70 pontos. Mesmo assim, na semana houve alta de 0,81%. O índice PSI-20, da Bolsa de Lisboa, subiu 0,44%, a 5.556,88 pontos. No acumulado da semana, a alta foi de 1,93%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Grupo Fresenius integra ao SAP novo sistema de recebimento de …


Grupo Fresenius integra ao SAP novo sistema de recebimento de NF-e com manifestação do destinatário

Adicionar comentário

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que você será atendido. Importante sobre fonte ou autoria..: O Segs atua como intermediário na divulgação de resumos de notícias (Clipping), através de matérias, artigos, entrevistas e opiniões. O conteúdo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informações advindas das fontes mencionadas, jamais caberá a responsabilidade pelo seu conteúdo ao www.segs.com.br, tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora. “Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligência para nos permitir interpretar os fatos, sem paixão.”(Autoria de Lúcio Araújo da Cunha) O Segs, jamais assumirá responsabilidade pelo teor, exatidão ou veracidade do conteúdo do material divulgado. pois trata-se de uma opinião do autor ou fonte. Em caso de controvérsia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietária do Segs e desde já renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs é uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. Para usar e saber mais, leia os TERMOS E CONDIÇÕES DE USO.

SAP Brasil cria Conselho Nacional de Canais

Objetivo do grupo é estreitar laços com parceiros e debater soluções para expansão de seus negócios.

A SAP Brasil criou o Conselho Nacional de Canais SAP (CNCS) para estreitar os laços com os seus parceiros no País e dar suporte para a expansão de seus negócios.

O CNCS realizará encontros trimestrais para discutir como tornar as companhias ainda mais sustentáveis, por meio de ações de governança corporativa, fusões e aquisições, busca de capital externo, entre outros assuntos. O grupo também pretende explorar as ideias apresentadas pelos parceiros nas reuniões e desenvolvê-las de forma colaborativa para encontrar a solução mais adequada ao negócio de cada empresa.

“Queremos atingir um crescimento sustentável e para isso devemos entender as perspectivas dos nossos parceiros. Nossa missão é acelerar o crescimento das empresas parceiras e da SAP, traçando em conjunto planos de ações e os próximos passos para questões de capital, especialização ou mão de obra”, explica Sandra Vaz, Vice-Presidente de Vendas, Ecossistemas e Canais da SAP Brasil.

O conselho de canais é um meio de dar continuidade à estratégia de expansão geográfica da SAP e ao fortalecimento dos parceiros de negócios. No primeiro trimestre de 2013, o crescimento das vendas indiretas da companhia foi de 65%, em relação ao mesmo período do ano passado. Hoje, 27% das vendas da SAP Brasil são realizadas de maneira indireta e o objetivo é chegar aos 40% até 2015.

Dinâmica do Conselho

No primeiro encontro do grupo, o Vice-Presidente de Vendas e Inovação, Leandro Baran, organizou um painel de crescimento por meio da inovação. Agora, os membros do Conselho contribuiram para o desenvolvimento dos temas debatidos por meio da colaboração online, enviando sugestões adicionais. “Estamos dando um passo importante para nos aproximarmos ainda mais dos parceiros. Precisamos entender 100% os desafios do negócio das empresas e demonstrarmos como podemos crescer juntos, independente do foco, geografia e segmento de atuação de parceria”, conclui Sandra.

eMeter, A Siemens Business Demonstra Capacidade de Escalar a 50 Milhões de Medidores e Permitir um Crescimento Livre …

FOSTER CITY, Califórnia, 27 de Junho de 2013 /PRNewswire/ — eMeter, A Siemens Business anunciou hoje que concluiu o teste de benchmark de 50 milhões de medidores, o que significa que a sua Plataforma de Aplicativo de Rede Inteligente EnergyIP pode fornecer às empresas de serviços públicos de qualquer porte as ferramentas analíticas sobre consumo de energia de que elas precisam para promover um crescimento livre de riscos. Como parte do processo de benchmarking, a eMeter conseguiu o status Oracle Exadata Optimized através da rede Oracle PartnerNetwork (OPN), mostrando que o EnergyIP já foi testado e sintonizado com o sistema Oracle Exadata Database Machine e, portanto, oferece velocidade, escalabilidade e confiabilidade às empresas de serviços de energia e água suas clientes.

eMeter, A Siemens Business foi adquirida pela Siemens em janeiro de 2012 e é uma das pedras angulares estratégicas de Rede Inteligente (Smart Grid) da Siemens, além de ser uma potência em software, responsável pela Plataforma de Aplicativo de Rede da Siemens. EnergyIP já está sendo usado por empresas de serviços públicos de energia, gás e água em mais de 16 países. eMeter, A Siemens Business é membro de nível Gold da rede Oracle PartnerNetwork.

“Em nossos testes, conseguimos manter um nível sustentável de processamento das leituras dos medidores de mais de 400 milhões de intervalos por hora, concluindo o processamento em menos de seis horas e superando os critérios de manuseio diário para chegar a 50 milhões de medidores, tudo isto utilizando menos de 60% dos recursos do Oracle Exadata”, disse Lisa Caswell, Presidente da eMeter, A Siemens Business. “Estes resultados demonstram que EnergyIP, trabalhando junto com o Oracle Exadata Database Machine, pode oferecer uma escalabilidade líder no setor e entregar dados de consumo de energia de alta qualidade para fins de faturamento e uso em múltiplas aplicações, inclusive ferramentas analíticas. Fatores tais como as fusões e o crescimento dos serviços compartilhados significam que muitas das empresas de serviços públicos têm que gerir um volume rapidamente crescente de dados. A capacidade de escalonar para até 50 milhões de medidores garante aos nossos clientes um desempenho previsível e estável dentro de um caminho de crescimento e escalonamento sem nenhum risco.”

“A eMeter, A Siemens Business, trabalhou com a Oracle para testar a escalabilidade de nossa Plataforma de Aplicativo de Rede Inteligente, EnergyIP, com o sistema Oracle Exadata. Os resultados excepcionais provaram que Oracle Exadata Database Machine pode dar suporte aos requisitos mais exigentes das mega-empresas de serviços públicos e provedores de serviços em nuvem, com um desempenho já provado na faixa de 50 milhões de medidores”, disse Shannon Amerman, VP de Alianças da eMeter, A Siemens Business.

O teste do EnergyIP 7.6 com o Oracle Exadata se baseou em múltiplos cenários da vida real que exigiam estimar dados que faltavam, computar e apresentar os valores de faturamento no momento do uso, e atualizar os registros do banco de dados com as variações que ocorrem nas instalações de medidores inteligentes de alto volume e nos clientes diários normais. Combinados com o processamento de leituras de medidores, estes cenários do tipo “um dia na vida” exigiram menos do que nove horas de processamento e usaram, em média, menos de 50% da capacidade do Oracle Exadata. 

Oracle Exadata Optimized é parte do programa Oracle Exastack Optimized que permite aos parceiros, tais como a eMeter, A Siemens Business, alavancar recursos de habilitação da rede OPN e ambientes de laboratórios dedicados para ajudar a desenvolver, testar e sintonizar seus aplicativos em sistemas projetados de Oracle Exadata, Oracle Exalogic Elastic Cloud e Oracle SPARC SuperCluster. Oracle Exadata permite um desempenho extremo e é a plataforma ideal de banco de dados para os aplicativos OLTP, armazéns de dados, além dos variados e imprevisíveis volumes de trabalho da computação em nuvem. Trata-se de um pacote completo de servidores, rede e software que é extremamente escalável, seguro e redundante.

Ao alcançar o status Oracle Exadata Optimized, a Oracle reconhece que a eMeter, A Siemens Business desenvolveu, testou e sintonizou o EnergyIP 7.6 em Oracle Exadata Database Machine. Os clientes têm assim a certeza de que, ao selecionar EnergyIP 7.6, estão escolhendo um produto que foi testado e sintonizado dentro do objetivo de alcançar níveis ótimos de desempenho, escalabilidade e confiabilidade.

“Oracle Exastack Optimized reconhece os parceiros que otimizaram suas soluções numa estrutura completa, integrada e pronta para a nuvem, com o fim de ajudar a acelerar a inovação, liberar os novos recursos e a funcionalidade, e oferecer um valor superior aos usuários”, disse Chris Baker, Vice-Presidente Sênior de ISVs Mundiais e Vendas de OEMs da Oracle. “Ao conseguir atingir o status Oracle Exadata Optimized, a eMeter, A Siemens Business demonstrou que sua Plataforma de Aplicativo de Rede Inteligente, EnergyIP, foi testada e sintonizada para funcionar com o sistema Oracle Exadata Database Machine e oferece desempenho, escalabilidade e confiabilidade otimizados aos seus clientes.”

Sobre a eMeter, A Siemens Business
A eMeter, A Siemens Business fornece o software essencial que permite às empresas de distribuição de energia, gás e água realizar todo o potencial de benefícios de uma Rede Inteligente. As principais empresas de serviços públicos do mundo inteiro dependem do software de gerenciamento de Rede Inteligente da eMeter para reduzir custos operacionais, aperfeiçoar o atendimento aos clientes e aumentar a eficiência energética. A eMeter, que tem o maior número de instalações de grande porte do setor e parcerias estratégicas com a Accenture, IBM, Oracle e SAP, solidificou sua reputação como empresa de expertise inigualável para garantir o sucesso de seus clientes. Veja mais informações em: http://www.emeter.com.

A Siemens Smart Grid adquiriu a eMeter em janeiro de 2012, depois de trabalharem juntas por muitos anos numa parceria estratégica de muito sucesso. A eMeter, A Siemens Business é uma das pedras angulares de Rede Inteligente da Siemens e atua como a potência de software que é responsável de ponta a ponta pela Plataforma de Aplicativos de Redes da Siemens.

Sobre o Programa Oracle Exastack
O programa Oracle Exastack permite aos Fornecedores Independentes de Software (ISVs) e outros membros da rede Oracle PartnerNetwork (OPN) desenvolver rapidamente e entregar aplicativos mais rápidos e confiáveis. Ao alavancar o programa Oracle Exastack, os membros qualificados da OPN têm acesso a especialistas em desempenho da Oracle e laboratórios dedicados para testar e sintonizar seus aplicativos em Oracle Exadata Database Machine, Oracle Exalogic Elastic Cloud e Oracle SPARC SuperCluster. Quando atingem o status Oracle Exastack Optimized, os parceiros passam a ter acesso aos benefícios de marca, logotipo e outros benefícios relacionados da Oracle para, assim, poderem diferenciar suas ofertas de produtos de uma forma mais eficaz. Os clientes, ao selecionar aplicativos Oracle Exastack Optimized, têm a certeza do suporte oferecido a esses aplicativos e de que eles foram testados e sintonizados dentro do objetivo de otimizar o desempenho, a escalabilidade e a confiabilidade. Também parte do programa, o sistema Oracle Exastack Ready dedica-se a ajudar os ISVs a rodar suas soluções na última versão importante de Oracle Exadata Database Machine, Oracle Exalogic Elastic Cloud, Oracle SPARC SuperCluster e seus produtos componentes, inclusive Oracle Database, Oracle WebLogic Server, Oracle Solaris, Oracle Linux e Oracle VM. Estes produtos oferecem aos parceiros uma infraestrutura de baixo custo e alto desempenho de bancos de dados e cargas de trabalho de aplicativos em todos os ambientes, seja na própria instalação do cliente ou na nuvem. Para obter mais informações, visite http://www.oracle.com/partners/goto/exastack

Sobre o Oracle PartnerNetwork
Oracle PartnerNetwork (OPN) Specialized é a última versão do programa de parceiros da Oracle e lhes fornece melhores ferramentas para desenvolver, vender e implementar soluções Oracle. OPN Specialized oferece recursos para treinar e dar suporte ao conhecimento especializado dos produtos e soluções Oracle, tendo evoluído de forma a reconhecer o crescente portfólio de produtos da Oracle, a base de parceiros e as oportunidades de negócios. Essencial aos últimos aperfeiçoamentos do OPN é a capacidade dos parceiros diferenciarem as várias Especializações. As Especializações são alcançadas através do desenvolvimento de competências, resultados dos negócios, expertise e sucesso demonstrado. Para obter mais informações, visite http://www.oracle.com/partners.

Marcas Registradas
Oracle e Java são marcas registradas da Oracle e/ou de suas afiliadas.

FONTE  eMeter

FONTE eMeter

eMeter