26 de abril de 2012

Cielo cumpre promessa e vence 50 m livre com melhor tempo do ano

Melhor nadador brasileiro, Cesar Cielo venceu a prova dos 50 m nado livre no Troféu Maria Lenk na noite desta quarta-feira, no Rio de Janeiro. Ele cumpriu a promessa feita após a eliminatória durante a manhã e cravou o melhor tempo de sua vida sem os trajes tecnológico e o melhor do mundo em 2012: 21s38.

Durante as eliminatórias, Bruno Fratus havia quebrado a marca do australiano James Magnussen, que ameaça a predominância brasileira nas provas de velocidade, cravando 21s70. Cielo foi ainda mais rápido, enquanto que Fratus terminou na segunda colocação, com tempo de 21s76. Em terceiro veio o francês Frederick Bousquet, com 21s79.

Em entrevista ao Sportv, Cielo se mostrou satisfeito com o desempenho e confiante em baixar ainda mais a marca para os Jogos de Londres. “Acho que vai ter a parte mental: vou estar mais ligado, vai ter a adrenalina. A diferença é o approach da prova, desde o aquecimento até a final. Mas é o meu melhor tempo da vida sem o traje”, comemorou.

Cielo ainda minimizou a polêmica com Magnussem, que tem alardeado as chances de bater o brasileiro e quebrar seu recorde mundial – César Cielo é o atual campeão olímpico da prova e bicampeão mundial. “Não estou nadando para ganhar dele. Se ele quiser mandar recado, cada um faz o que quer. Mas o primeiro passo aqui está dado”, afirmou.

Bruno Fratus também exaltou o bom desempenho da dupla com a dobradinha no Troféu Maria Lenk. “É isso aí: temos os dois melhores tempos do mundo, que servem para dar tranquilidade para a Olimpíada”, exaltou. Ele tinha mostrado esperança em melhorar a marca da classificação à noite, mas não conseguiu: “não sei o que deu, tenho que ver com o biomecânico. Mas a sensação foi praticamente a mesma”.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Por Terra

A Trainning tem mais de 6 anos de mercado e 60000 alunos treinados em todo Brasil

Três corpos são retirados do local do desabamento de três prédios no Rio

Por Uol Notícias
A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro retificou na tarde desta quinta-feira (26) a informação dada pelo subsecretário municipal de Defesa Civil, Marcio Motta, de que cinco corpos foram encontrados no local do desabamento de três prédios, no centro da cidade. Até o momento, três pessoas foram retiradas sem vida dos escombros, sendo três homens adultos.

Ontem, por volta das 20h30, três prédios vieram abaixo: um maior, na rua Treze de Maio (chamado Liberdade), que tinha 20 andares; um menor, no número 16 da rua Manoel de Carvalho, com 10 andares (chamado Colombo); e ainda um imóvel pequeno, localizado entre os dois edifícios maiores, com quatro ou cinco andares.

Com os corpos resgatados, o número de desaparecidos caiu para 16. A lista, segundo Motta, está sendo feita por assistentes sociais da Prefeitura. “São bastante remotas as chances de ter sobreviventes”, afirmou o subsecretário.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou na manhã desta quinta-feira (26) em entrevista à Globo News que a hipótese de que uma explosão de gás teria provocado o desabamento já foi descartada e que, no momento, a investigação aponta para um problema estrutural no edifício maior.

O presidente da Comissão de Análise e Prevenção de Acidentes do Conselho Regional de Engenharia (Crea), Luiz Antonio Cosenza, confirmou que estavam sendo realizadas obras no terceiro e no nono andar do edifício Liberdade. Já o engenheiro civil Antônio Eulálio Pedrosa Araújo, consultor do Crea, afirmou que as obras eram ilegais, pois não tinham autorização do conselho.

Funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social montaram uma base na Câmara de Vereadores, na praça da Cinelândia para orientar os parentes das vítimas.

Cerca de 30 pessoas que procuram amigos e familiares desaparecidos foram levadas em vans da Secretaria para o IML (Instituto Médico Legal) para tentar reconhecer alguns dos três corpos que foram resgatados.

Uma das pessoas que entrou na van foi Sandra Maria Ribeiro Lopes, 40, que procura o pai, Cornélio Ribeiro Lopes, 73, porteiro do prédio de 20 andares que veio abaixo. “Acharam o celular do meu pai no bolso de um dos corpos encontrados”, contou, bastante emocionada e chocada.

Segundo a Secretaria de Saúde, os feridos foram encaminhados ao hospital Souza Aguiar. Há dois homens de 37 anos –um deles, que estava no prédio, apresenta um ferimento na perna e o outro, que estava passando pelo local na hora, sofreu escoriações leves; uma mulher de 28 anos, que sofreu um corte na cabeça e foi encaminhada para o centro cirúrgico; um homem de 50 anos, que sofreu apenas escoriações leves; e outro, de 31 anos, que está em estado de choque.

Um homem que estava dentro de um dos elevadores do edifício Liberdade conseguiu ser resgatado após entrar em contato com um amigo pelo celular.

Área isolada
Os prédios do quarteirão compreendido entre as avenidas Treze de Maio e Almirante Barroso, a rua Senador Dantas e a travessa dos Poetas de Calçada, no centro do Rio, foram interditados pela Defesa Civil. Todas as pessoas que estavam nesses edifícios estão sendo retiradas.

O comércio da região afetada está fechado, e a orientação da Prefeitura do Rio de Janeiro é para que as pessoas não se dirijam até a área isolada, mas as ruas do entorno estão repletas de pessoas que trabalham nesses locais e chegaram a entrar em suas lojas e salas comerciais.

O secretário da Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Simões, disse que os prédios ao lado dos que desabaram não ficaram comprometidos, mas a área de isolamento foi ampliada para evitar a circulação de pessoas, por conta de máquinas e caminhões atuando no local.

“Fizemos toda varredura ao redor e identificamos a necessidade de interditar preventivamente três edificações. São três prédio colados aos escombros. Não há risco iminente de cair”, afirmou.

O local fica bem próximo ao Theatro Municipal, que não foi afetado, segundo a presidente da entidade, Carla Camurati. Dois fiscais do Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) estão na rua Treze de Maio, acompanhando os trabalhos da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros. O objetivo é buscar as primeiras informações para detectar as causas do desabamento.

Para que as equipes possam trabalhar ao longo de toda a quinta-feira (26) na região do desabamento de três prédios no centro do Rio, a CET-Rio preparou um esquema especial para a área (confira aqui).

As avenidas Treze de Maio e a Almirante Barroso (trecho entre a rua Senador Dantas e a avenida Rio Branco) ficarão totalmente interditadas para o tráfego de veículos. Já a rua Senador Dantas sofrerá interdição de mão. Os veículos procedentes da avenida República do Chile deverão entrar na via, acessando na sequência a rua Evaristo da Veiga.

Por volta das 4h45 da madrugada desta quinta-feira (26), o Centro de Operações da Prefeitura do Rio informou que o tráfego na avenida Rio Branco e na rua Evaristo da Veiga, nas proximidades dos desabamentos, foi liberado.

A concessionária Metrô Rio informou que as estações Presidente Vargas, Uruguaiana, Carioca e Cinelândia, que estão muito próximas ao local do acidente e chegaram a ser fechadas, abrirão normalmente na manhã desta quinta-feira. De acordo com o presidente do Metrô, nenhuma das estações localizadas naquele trecho da cidade sofreu qualquer tipo de abalo estrutural. (Com Agência Brasil e Agência Estado)

César Cielo conquistam Prêmio Brasil Olímpico 2011

Por Por Lydia Gismondi,

Cesar Cielo só tinha motivos para sorrir no Prêmio Brasil Olímpico, na noite desta segunda-feira. Ainda assim, não conseguiucontrolar as lágrimas ao receber seu terceiro prêmio de Melhor Atleta do Ano, no Rio de Janeiro. A eleição por voto popular foi o afago que nadador brasileiro precisava para colocar um ponto final no ano mais difícil de sua carreira.

Após receber o prêmio, o campeão olímpico, também eleito Melhor do Ano em 2008 e 2009, conversou com o GLOBOESPORTE.COM sobre a emoção diferente de receber a homenagem este ano, o momento difícil ao ser flagrado em exame antidoping e as lições que leva para a desafiante temporada de 2012. Confira a entrevista abaixo:

Emoção
Achei que não fosse chorar (ao receber o prêmio), mas cada vez é uma situação diferente, cada vez é um momento único. É como se não tivesse acontecido outras vezes. O esforço para continuar no topo continua sendo o mesmo, ou talvez até maior. As adversidades que vão acontecendo é que vão mudando um pouquinho o sentimento na hora.

Alívio
Pensei no momento difícil que passei esse ano. Meus pais sentiram isso na pele. Foi um ano que ficou preso. A gente tinha a notícia na mão, mas era a hora que a gente tinha que manter a rotina mais forte porque a competição (Mundial de Xangai) estava chegando. A gente não podia ter um dia para jogar tudo para o alto, gritar. Tivemos que manter a cabeça no lugar. Foi complicado guardar esse peso e ter que competir depois. Na verdade, não parei para pensar até agora em tudo o que aconteceu esse ano. Então, me bateu um pouquinho mais hoje (segunda). É uma coisa que não gosto muito de falar. Mas veio tudo à tona. Foi uma sensação de alívio mesmo.

Carinho do povo brasileiro
Dá para ver esse carinho de várias formas. Para mim, pessoalmente, ganhar esse prêmio foi aquela coisa de ver que tem muita gente que gosta de mim ainda, que me admira mesmo. Às vezes, é só uma minoria que faz barulho. Mas é uma minoria mesmo. Penso em continuar fazendo o que venho fazendo: nadar mais rápido e ser um cara com uma imagem séria, com uma credibilidade bacana, uma integridade legal. Foram essas coisas que me seguraram em pé também esse ano.

2011
Esse foi um ano bem desafiador, bem difícil. Superação é a palavra que mais usei na minha cabeça. Vendo a coisa de um jeito meio predestinado, ter montado o grupo P.R.O. 16 foi muito importante para me dar o suporte que precisava. Não sei se seria a mesma coisa se eu estivesse fora do Brasil. Foi um ano que colhi muitos frutos do que fiz até agora. No momento difícil, vi que tudo o que a gente fez está dando certo, e a gente está se envolvendo com as pessoas certas. É o caminho que eu vejo para conquistar o bicampeonato olímpico no ano que vem.

2012
Ano que vem é um ano que eu espero que faça muito diferença. Espero que na final olímpica, naquele momento nervoso, eu use o momento difícil que passei em 2011 a meu favor. Sinto que estou com uma parte mental hoje bem forte para focar só na prova. Acho que não tem nenhum problema hoje que possa me tirar do foco. Isso é um conforto. E espero que daqui para frente venham anos com problemas bobos, como rasgar maiô, touca. (risos)

SAP foca na computação em memória

Por, Léia Machado

Com objetivo de aproveitar o bom momento de desenvolvimento do Brasil, diversas empresas atuam em ciclos estratégicos, a fim de acelerar o crescimento em território nacional e buscar consolidação frente aos concorrentes. Essa é a aposta da SAP Brasil, que foca não só na oferta de software de gestão empresarial (ERP), mas também na tecnologia de computação em memória (in-memory) com a ferramenta HANA (High Performance Analytics Appliance), incluindo análises em tempo real.

A oferta dessa plataforma faz parte das estratégias da fabricante alemã de triplicar sua área de software no País em cinco anos que, segundo o presidente da SAP Brasil, Luis César Verdi, estão sendo cumpridas dentro das expectativas e metas previstas. “Estamos no segundo ano desse plano de aceleração de crescimento iniciado em 2009 e com boas respostas do mercado brasileiro. Para 2012, daremos continuidade a esse processo, nos empenhando para ofertar nosso portfólio em todo o território nacional”, aponta o executivo em almoço com a imprensa em São Paulo.

O conceito HANA é a junção de software e hardware e tem o objetivo de auxiliar as empresas nas consultas e análises de dados com agilidade na obtenção de informações estratégicas do negócio. Segundo Guilherme Bujes, diretor de Vendas da SAP Brasil para o setor de Serviços Financeiros, a memória de computação armazena dados na RAM, dispensando a leitura a partir de discos rígidos (HD), proporcionando aumento de desempenho. “Ou seja, os dados são trafegados entre a CPU e a memória e são transformados em informações tratadas para a rápida tomada de decisão. Tudo isso em tempo real”, explica.

Para essa oferta no País, André Petroucic, vice-presidente comercial da SAP, informa que a companhia está criando um time especializado em HANA para atender os clientes. A equipe, composta atualmente por seis profissionais, terá um diretor para comandar os trabalhos em torno do in-memory. No Brasil, cinco clientes dos segmentos de finanças, utitilies e mineração já implementaram a plataforma, como é o caso da Ferrous.

“O ano de 2012 será o ano do HANA no Brasil, pois é voltado para empresas que precisam de análise em tempo real de dados críticos do negócio, como o setor de finanças, varejo e Telecom, por exemplo”, aponta Petroucic. Informação confirmada por Verdi, “vamos apostar todas as nossas fichas na computação em memória no próximo ano e essa solução é o carro-chefe da SAP”, aponta o presidente.

Outra tecnologia que também está na mira da SAP é o cloud computing. Com o recente anúncio da aquisição da SuccessFactors, fornecedora de soluções de gerenciamento de capital humano (HCM), por aproximadamente US$ 3,4 bilhões, a gigante alemã acelera suas estratégias de computação em nuvem. “Essa negociação vai alavancar nosso portfólio de aplicações em cloud, com soluções de medição de métricas de desempenho de pessoas. Estamos no processo de negociação e acredito que até o primeiro semestre de 2012 será concluído”, finaliza Verdi.

Termos mais buscados
  • como o sap hana armazena as informações em memória ?

HP pode ser comprada por SAP ou Oracle

HP pode ser comprada por SAP ou Oracle, diz analista do Gartner

Segundo Donald Feinberg, a fabricante de hardware é importante para compor ofertas das duas produtoras de ERP, caso ela abandone a venda de PCs para consumidor final.

A saída para a HP encontrar o seu rumo e manter a confiança no mercado, após as constantes trocas de CEOs, pode ser a fusão com a SAP ou com outras companhias de software. A opinião é do vice-presidente de análises de infraestrutura do instituto de pesquisas Gartner, Donald Feinberg, que voltou a comentar sobre uma possível união entre as duas empresas. Porém, ele disse que antes a fabricante de hardware teria de dividir suas unidades de negócios: corporativa e de consumo. Nesse caso, outros candidatos na parte de servidores podem ser Oracle e Microsoft.

Em encontro com jornalistas nesta sexta-feira (30/9) em São Paulo, Feinberg comentou que a HP tem bons produtos, mas que os problemas com a troca de comando traz incertezas para os clientes, que estão renovando os parques de TI. Ele observa que a HP está com problemas de gestão por ter feito quatro trocas nos últimos seis anos, desde a saída da CEO Carly Fiorina em 2005.

A última mudança de comando foi na semana passada, quando Leo Apotheker foi substituído pela candidata a governadora da Califórnia, Meg Whitman. O ex-CEO da SAP estava há 11 meses no comando da HP. Ele sucedeu Mark Hurd, que deixou a companhia acusado de envolvimento em um escândalo sexual com uma ex-consultora de marketing de uma empresa terceirizada.

Apotheker foi demitido por ter tomado diversas decisões que estimularam críticas, incluindo a separação da divisão de computadores da HP, que foi anunciada antes de a empresa ter encontrado compradores. A HP não atingiu as metas financeiras nos últimos nove meses e as ações da empresa caíram pela metade durante a sua gestão.

Problemas de comando

“A HP tem os melhores servidores x86 e foi a empresa que mais cresceu com a venda desses equipamentos nos últimos cinco anos. O problema da HP é o board e não os produtos, que são bons”, afirma o analista do Gartner. Ele acha que a fabricante deveria focar as atenções apenas no segmento corporativo, seguindo o modelo que deu certo na IBM, quando decidiu sair do mercado de consumo, com a venda da divisão de computadores de consumo para a Lenovo.

Feinberg considera que o atendimento aos dois segmentos demanda muito energia das companhias, que precisam ter estruturas duplicadas de vendas e marketing. “Hoje, as empresas não podem mais fazer tudo”, ressalta.

Caso a HP adote essa estratégia, o analista do Gartner acha que a unidade de computadores corporativos pode ser um complemento importante para a SAP na hora da venda de seus aplicativos. Outro ganho para a fornecedora de software é o braço da HP de serviços, antiga EDS.

O especialista acredita que a produtora alemã de sistemas de gestão empresarial (ERP) conseguirá atender melhor aos clientes na entrega de uma solução completa. Hoje, a SAP depende de acordos com fabricantes de computadores para integrar a plataforma Hight-Performance Analytics Appliance (Hana), baseada em nuvem que combina hardware, storage, sistema operacional, software de gerenciamento e recurso de busca de dados in-memory.

Outros possíveis casamentos

Além da HP, o analista do Gartner avalia outros possíveis casamentos envolvendo a HP. Ele diz que a Microsoft é um potencial candidato à compra da fabricante de hardware para poder ter ofertas completas para o mercado corporativo, principalmente o sistema operacional Windows para servidores e sistemas para cloud computing. Há dois anos, Feinberg afirmou que era a HP que iria comprar a Microsoft. Agora a situação pode se inverter.

Outra associação que não está descartada é com a Oracle. Segundo Feinberg, embora a empresa de Larry Ellison já tenha a linha de hardware da Sun, ela precisa de um braço de servidores mais forte que traga receitas maiores na venda composta com aplicativos da marca.

Fonte
Thomas F. G ( twitter.com/plsql )

Trainning + Foursquare

Foursquare é uma rede social baseada na geolocalização onde seus usuários, pelos seus smartphones, fazem “check-in”, opinam ou compartilham – inclusive em outras redes sociais – os locais em que estão. O serviço pode ser acessado tanto pelo site quanto pelo app de celular, que detecta, pelo GPS do seu telefone, a sua localização e te mostra os locais nas proximidades

O Foursquare é um serviço de geolocalização, não confundir com a igreja quadrangular (foursquare church) ou com a marca de roupas (foursquare outerwear).

Basicamente ele permite que você indique aonde está através de um aplicativo no seu celular. Você abre o aplicativo e aparece uma lista de lugares:

Você indica o lugar em que você chegou, escolhe se vai avisar seus amigos ou não e se quer que esse check-in (esse é o nome que o Foursquare dá para a ação que você executa no aplicativo para dizer que chegou em algum lugar) apareça no twitter e facebook:

Ao efetuar o check-in você ganha pontos:

Mas qual a graça disso? Seguem alguns motivos:

Encontre seus amigos

O Foursquare permite que você crie uma rede de amigos, com quem você pode compartilhar seus check-ins. Dessa forma você pode fazer um esforço para encontrá-los caso você esteja por perto, aliás sugiro telefonar para a pessoa avisando que está por perto, aparecer de surpresa pode gerar situações embaraçosas e desencontros (a pessoa pode fazer check-in quando sair do lugar ao invés de fazê-lo quando chega).

Nas configurações da sua conta você pode escolher avisar seus amigos pelo twitter e facebook quando fizer um check-in. Quando seus amigos fazem check-in você acompanha na tela do aplicativo, ou também pode escolher receber um e-mail avisando sobre os check-ins deles.

Conheça lugares bacanas

Está sem idéias de onde ir? Preguiça de ir longe? Consulte dicas sobre os locais perto de onde você está:

Essas dicas (Tips) foram deixadas por outros usuários, você pode consultar as dicas de um estabelecimento antes de decidir visitá-lo (as dicas também estão disponíveis no site do foursquare):

Você também pode adicionar suas próprias dicas e facilitar a vida das próximas pessoas que passarem por ali:

E se gostar muito de algum dica você pode adicioná-la numa lista (To Do):

Quando estiver sem idéias a lista de To Dos do foursquare pode te animar a sair:

Participe do jogo, ganhe pontos, suba no ranking, conquiste badges (buttons)

Cada vez que você chega em algum lugar no foursquare você ganha pontos, esses pontos criam um ranking entre você e os seus amigos e outro ranking entre todos na mesma cidade.

Se você é o usuário que mais vezes esteve em algum lugar você se torna mayor (prefeito) daquele local, isso lhe dá direito de cuidar do lugar no site do foursquare, você pode editar o endereço, o local no mapa, adicionar uma categoria no lugar, etc.

Conforme você se torna um usuário mais ativo você coleciona badges de acordo com os seus hábitos e frequência, são como pequenos troféus do jogo.

Pra quem gosta de games e competição o foursquare cria um clima saudável de disputa entre você e seus amigos, numa época que tantos reclamam de sedentarismo o foursquare incentiva as pessoas a saírem e conhecerem os lugares. Como o ranking é zerado toda semana você tem de estar em constante movimento para aparecer em destaque. A sua coleção de badges é pra sempre, então também serve pra impressionar mostrando o que você conseguiu coletar nas semanas passadas.

Quantos badges existem, como conquisto novos badges?

Existem muitos badges que são específicos de cidades e eventos, você pode encontrar uma lista bem grande aqui e aqui. Veja quais são aqueles possíveis de se ganhar no Brasil:

Newbie – Você ganha no seu primeiro check-in.

Adventurer – Faça check-ins em 10 lugares diferentes.

Explorer – Faça check-ins em 25 lugares diferentes.

Superstar – Faça check-ins em 50 lugares diferentes.

Bender – Faça check-ins em 4 dias consecutivos após às 18:00.

Crunked – Faça 4 check-ins em uma única noite, Parece que das 18:00 até as 10:00 do outro dia é considerado noite para o Foursquare, alguns usuários afirmam que precisa ser entre às 20:00 e 00:00, de qualquer maneira se você gosta de peregrinar pela madrugada vai ganhar esse badge sem muito esforço : )

Local – Faça check-in no mesmo lugar 3 vezes na mesma semana.

Superuser – Faça 30 check-ins em um mês.

School Night – Faça check-in depois das 3:00 da manhã num dia semana.

Photogenic – Faça check-ins em 3 lugares marcados com a tag “photobooth“.

Animal House – Faça check-ins 3 lugares marcados com a tag “frat boys“.

Overshare – Faça 10 check-ins em 12 horas.

Ziggy’s Wagon – Faça check-ins em 3 lugares marcados com a tag “food truck“.

Don’t Stop Believin’ – Faça 3 check-ins em dias diferentes em lugares marcado com a tag “karaoke“.

Gym Rat – Faça 10 check-ins em dias diferentes em lugares marcados com a tag “gym“.

Road Warrior – Faça 3 check-ins em lugares diferentes usando o aplicativo Waze

JetSetter – Faça check-ins em 3 lugares marcados com a tag “airport“.

16 Candles – Você tem que colocar “happy birthday” junto com 5 check-ins, provavelmente os check-ins tem de ser em dias e/ou locais diferentes pois colocando os 5 em seguida eu testei e não funcionou. : )

Zoetrope – Faça 10 check-ins em dias diferentes em lugares marcados com a tag “movie theater“.

Pizzaiolo – Faça 10 check-ins em lugares diferentes marcados com a tag “pizza“.

Warhol – Faça 10 check-ins em lugares diferentes marcados com a tag “gallery“.

Babysitter – Faça 10 check-ins em dias diferentes em lugares marcados com a tag “playground“.

Swarm – Faça check-in em um lugar com 50 usuários de foursquare presentes.

Super Mayor – Seja mayor de 10 lugares simultaneamente.

I’m on a boat! – Faça check-in num lugar marcado com a tag “boat“.

Barista – Faça 5 check-ins em diferentes lojas do Starbucks.

Vocês devem ter percebido que muitos badges dependem do local estar com as tags corretas, colabore com o Foursquare adicionando as tags corretas aos lugares que você frequenta. No site do Foursquare eles falam um pouco mais sobre isso.

Como crio minha conta e atualizo o Foursquare?

Você cria sua conta aqui e instala o aplicativo no seu celular, tem versão para iPhone, BlackBerry, Android e Palm, para outros aparelhos, como Nokia por exemplo (se você usa o Nokia pode atualizar o Foursquare pelo aplicativo Gravity para Symbian – dica via @lebravo), você pode acessar a versão mobile do Foursquare no seu celular.

Sou uma empresa, como posso usar o foursquare?

Atualmente o Foursquare tem mais de 600 mil usuários ao redor do mundo que fazem 400 mil checkins por dia não é um número muito grande mas são usuários engajados (principalmente em função do game) e early adopters, se eles gostam de novidades tecnológicas podem gostar de novidades no seu estabelecimento comercial também.

No Brasil 55% dos checkins ainda acontecem em São Paulo, as próximas cidades no ranking são Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Campo Grande, Brasília, Curitiba, Fortaleza e Niterói.

Você pode consultar no Foursquare para saber se o seu local já está cadastrado, basta fazer uma busca (tem uma caixa de pesquisa bem no canto superior direito da tela). Em caso negativo você pode adicionar o seu local:

Na verdade qualquer usuário pode adicionar um local, não precisa ser o dono ou responsável, inclusive o usuário pode inventar locais como o Cassano conta nesse post. Se por acaso você decidir adicionar sua casa, não coloque o endereço exato e marque o local como não público.

Se no momento do cadastro você não preencher o endereço e a categoria corretamente esses dados podem ser adicionados / corrigidos posteriormente pela web. Vale lembrar que apenas quem incluiu ou o mayor (prefeito) do lugar podem alterar esses dados, a não ser que você seja um Superusuário (ter o badge Superuser não significa que você seja um superusuário com poderes de edição de dados). Outras coisas que apenas um Superusuário pode fazer é juntar locais repetidos.

Se é o mayor quem cuida dos dados do seu lugar no foursquare então é bom tratá-lo bem : ) . Alguns locais nos Estados Unidos oferecem promoções para os mayors ou outra pessoa que já fez um determinado número de check-ins no local. No site do deles tem uma série de exemplos de promoções que os estabelecimentos podem fazer no Foursquare. Se você quiser oferecer promoções oficialmente pode preencher esse formulário, quando um usuário fizer check-in próximo do seu estabelecimento ele será avisado de que tem uma promoção ali pertinho! : )

Algumas empresas fazem promoções maiores para estimular a visitação em suas lojas ou evento, como a Starbucks e a Intel que oferecem badges exclusivos. Ou ações de branding em páginas muito visitadas, como o ranking de Nova Iorque patrocinado pela Pepsi.

Se você não é um estabelecimento, mas uma personalidade, também pode se aproveitar do novo modo do Foursquare, o Celebrity Mode, basicamente você pode fazer checkin num local e avisar se quer avisar só seus amigos mais próximos ou todo os seus fãs. Não são todas as contas que tem fãs, esse é justamente a diferença do Celebrity Mode. A primeira cobaia é o DJ Paulo D.

Sou desenvolvedor, o que posso fazer com o Foursquare

O Foursquare tem uma API, você pode baixar a documentação aqui e participar do grupo de discussão aqui.

Na página de desenvolvimento tem exemplos de várias aplicações e mashups desenvolvidos com a API, algumas com o código fonte disponível.

Algumas aplicações interessantes:

CheckoutCheckins – Mostra os lugares que você frequenta no mapa da cidade.

FourWhere – Você clica no mapa e ele mostra todos os estabelecimentos (venues) e dicas próximas daquele local.

Social Great – Mostra os lugares mais populares em diversas cidades, infelizmente não tem cidades brasileiras ainda.

Please Rob Me – Baseado nas informações do Foursquare mostra casas vazias para serem roubadas. O aplicativo foi feito para chamar a atenção das pessoas que colocavam seu endereço completos ao criar sua casa como local no Foursquare.

Estou muito preocupado com minha segurança e privacidade, que cuidados devo tomar?

Seguem algumas dicas para você usar a ferramenta, se beneficiar das vantagens dela e se sentir mais seguro, particularmente acho que a preocupação com a privacidade é um pouco exagerada, mas respeito quem pensa diferente e acredito que mesmo assim a pessoa usar o Foursquare e se beneficiar das dicas e do jogo, basta seguir as orientações abaixo:

• Não inclua a sua casa, se você insiste em fazê-lo então não coloque endereço e não adicione Casa, House ou Home no nome, nem nas categorias, nem nas tags. Isso evita que a pessoa saiba seu endereço correto através de uma busca no foursquare e evita que sua casa apareça em buscas simples por casa, house ou home.

• Dê check-ins apenas em locais públicos, movimentados e com segurança. Você ainda pode dar check-ins em outros lugares sem informar pra ninguém onde você está, basta marcar “No” na opção “Share with friends?”, é o chamado check-in “off air”.

• Nunca compartilhe no twitter e no facebook seus check-ins, mesmo que você tenha poucos seguidores e que sua conta no twitter seja protegida, alguém pode dar RT no twitter ou Share no Facebook e espalhar aonde você está para milhares de pessoas rapidamente.

• Dê check-ins apenas quando estiver saindo. Você pode deixar para adicionar suas dicas mais tarde, quando estiver em casa, dessa forma você colabora com o Foursquare sem correr o risco de encontrar algum amigo pentelho.

• Aceite apenas os pedidos de amizade de amigos realmente próximos, pessoas que você quer muito encontrar se estiverem perto de você.

• Não fique com seu celular dando sopa em público, se você vai passar tão rápido por um lugar que não daria tempo nem de dar check-in direito é melhor não fazer o check-in do que fazê-lo na rua e ser assaltado.

Atualmente existem diversas formas de encontrar seu endereço e vigiar seus hábitos e costumes, principalmente funcionários de serviços como os Correios, Água, Luz, Telefone e Deliverys em geral. Eles entram e saem de condomínios fechados, ficam parados horas em qualquer rua sem serem importunados. Não acredito que o Foursquare e outros aplicativos similares vão trazer mais insegurança para o seu mundo, mas como já disse anteriormente, respeito quem pensa diferente.

SAP quer triplicar receita por meio de empresas menores

Por DCI,
Campos do jordão – A explosão de negócios junto ao setor de pequenas e médias empresas (PMEs) no Brasil fez com que a fabricante de sistemas de gestão alemã SAP traçasse a meta de triplicar sua receita com softwares até 2014. Terceiro mercado mais rentável da companhia, atrás apenas da Alemanha e dos EUA, o setor brasileiro de pequenos negócios representa hoje mais de dois terços de um total de 3.850 clientes no mundo.
As vendas de software para o segmento cresceram 33% no segundo trimestre de 2011 em relação ao mesmo período em 2010. Para alcançar o volume planejado, a empresa vai aumentar a capilaridade de seus canais de vendas em locais ainda pouco explorados pela companhia, como as Regiões Centro-Oeste e Nordeste. “Nossa estratégia é aumentar a participação nesses lugares, que vêm apresentando alta demanda por tecnologia nos setores de agronegócio e óleo e gás, por exemplo”, conta Luís César Verdi, presidente da SAP Brasil.
Para se aproximar ainda mais das PMEs, a SAP vai investir em soluções baseadas em computação em nuvem (cloud computing, na terminologia em inglês), recurso que vem amplamente sendo difundido entre as empresas de potencial de investimento reduzido como a ferramenta que vai aproximar a tecnologia da informação (TI) de pequenas companhias, por reduzir de maneira expressiva o custo de adoção de sistemas de gerenciamento – campo onde atua a SAP. “Computação em nuvem e soluções de mobilidade vêm sendo adotadas pela maioria das pequenas e médias empresas. Tanto que o número de vendas destes produtos no Brasil nas empresas com esse perfil já superou as vendas nas grandes contas”, conta Verdi.
O executivo explica que, diferentemente da maioria das empresas de tecnologia, que passaram a apostar em mercados emergentes e pequenos e médios negócios como estratégia de recuperação da crise que atingiu a economia em 2009, a SAP vem registrando crescimento neste setor trimestre a trimestre por conta da grande quantidade de negócios em potencial com as PMEs. “As grandes contas continuam sendo importantes para nós. Contudo, embora a receita ainda seja menor entre as PMEs, o volume de negócios com elas é gigantesco dada a pulverização de empresas com esse perfil que estão crescendo no País”, diz ele.
Rival da brasileira Totvs e da americana Oracle, a SAP tem planos de investir em sua atuação junto ao setor financeiro, que é o que mais investe em tecnologia da informação no mundo e um segmento onde a empresa possui pouco mais de 57% na participação. “Para ganhar terreno em TI para finanças adotamos a estratégia de aquisições de empresas que estão mais sólidas nesta área especificamente. Recentemente adquirimos a Sybase, que já vinha exercendo um papel de destaque no segmento bancário”, diz Verdi.
Trimestre
A SAP encerrou o terceiro trimestre com um lucro líquido de 1,25 bilhão de euros (US$ 1,73 bilhão), registrando crescimento de 150% na comparação com o desempenho registrado um ano antes, quando o ganho foi de 501 milhões de euros. O lucro por ação foi de 1,05 euros. No acumulado do ano, o lucro líquido atingiu 2,24 bilhões de euros (US$ 3,1 bilhões), um salto de 63% em relação ao ano anterior, quando a companhia reportou um ganho de 1,38 bilhão de euros.
Em comunicado, a companhia atribuiu parte do resultado à revisão da provisão para a disputa judicial travada com a Oracle, que a acusou de pirataria de software e violação de direitos autorais. Após a decisão inicial da corte dos Estados Unidos, que condenava a SAP a pagar uma multa de US$ 1,3 bilhão à Oracle, o valor desta foi reduzida a US$ 272 milhões, com a opção da realização de um novo julgamento caso a Oracle rejeite o novo valor estipulado. Pelo sétimo trimestre consecutivo, as receitas de software e de serviços e software registraram crescimento. O faturamento de serviços e software, por sua vez, alcançou 2,6 bilhões de euros (US$ 3,6 bilhões), elevação de 16%.
Hewlett-Packward
A Hewlett-Packward (HP), uma das grandes parceiras de hardware da SAP, anunciou a conclusão da avaliação das alternativas estratégicas para o seu Grupo de Sistemas Pessoais (PSG, na sigla em inglês), e decidiu que a divisão da empresa de computadores pessoais continuará fazendo parte do conglomerado. A HP avaliou o impacto estratégico, financeiro e operacional da separação da área do PSG. “Após concluir nossa análise, ficou evidente que manter a área dentro da HP é o melhor para os clientes e sócios, bem como para os funcionários”, declarou Meg Whitman, presidente global da companhia.
A análise estratégica contou com especialistas de diferentes divisões e funções. A avaliação baseada revelou a profundidade da integração ocorrida em operações-chave como cadeia de suprimentos, TI e aquisições. Também foram verificadas as importantes contribuições da área de PSG para o portfólio de soluções da HP e o valor da marca de maneira geral.
10.000Tecnologia

ampos do jordão – A explosão de negócios junto ao setor de pequenas e médias empresas (PMEs) no Brasil fez com que a fabricante de sistemas de gestão alemã SAP traçasse a meta de triplicar sua receita com softwares até 2014. Terceiro mercado mais rentável da companhia, atrás apenas da Alemanha e dos EUA, o setor brasileiro de pequenos negócios representa hoje mais de dois terços de um total de 3.850 clientes no mundo.
As vendas de software para o segmento cresceram 33% no segundo trimestre de 2011 em relação ao mesmo período em 2010. Para alcançar o volume planejado, a empresa vai aumentar a capilaridade de seus canais de vendas em locais ainda pouco explorados pela companhia, como as Regiões Centro-Oeste e Nordeste. “Nossa estratégia é aumentar a participação nesses lugares, que vêm apresentando alta demanda por tecnologia nos setores de agronegócio e óleo e gás, por exemplo”, conta Luís César Verdi, presidente da SAP Brasil.
Para se aproximar ainda mais das PMEs, a SAP vai investir em soluções baseadas em computação em nuvem (cloud computing, na terminologia em inglês), recurso que vem amplamente sendo difundido entre as empresas de potencial de investimento reduzido como a ferramenta que vai aproximar a tecnologia da informação (TI) de pequenas companhias, por reduzir de maneira expressiva o custo de adoção de sistemas de gerenciamento – campo onde atua a SAP. “Computação em nuvem e soluções de mobilidade vêm sendo adotadas pela maioria das pequenas e médias empresas. Tanto que o número de vendas destes produtos no Brasil nas empresas com esse perfil já superou as vendas nas grandes contas”, conta Verdi.
O executivo explica que, diferentemente da maioria das empresas de tecnologia, que passaram a apostar em mercados emergentes e pequenos e médios negócios como estratégia de recuperação da crise que atingiu a economia em 2009, a SAP vem registrando crescimento neste setor trimestre a trimestre por conta da grande quantidade de negócios em potencial com as PMEs. “As grandes contas continuam sendo importantes para nós. Contudo, embora a receita ainda seja menor entre as PMEs, o volume de negócios com elas é gigantesco dada a pulverização de empresas com esse perfil que estão crescendo no País”, diz ele.
Rival da brasileira Totvs e da americana Oracle, a SAP tem planos de investir em sua atuação junto ao setor financeiro, que é o que mais investe em tecnologia da informação no mundo e um segmento onde a empresa possui pouco mais de 57% na participação. “Para ganhar terreno em TI para finanças adotamos a estratégia de aquisições de empresas que estão mais sólidas nesta área especificamente. Recentemente adquirimos a Sybase, que já vinha exercendo um papel de destaque no segmento bancário”, diz Verdi.
Trimestre
A SAP encerrou o terceiro trimestre com um lucro líquido de 1,25 bilhão de euros (US$ 1,73 bilhão), registrando crescimento de 150% na comparação com o desempenho registrado um ano antes, quando o ganho foi de 501 milhões de euros. O lucro por ação foi de 1,05 euros. No acumulado do ano, o lucro líquido atingiu 2,24 bilhões de euros (US$ 3,1 bilhões), um salto de 63% em relação ao ano anterior, quando a companhia reportou um ganho de 1,38 bilhão de euros.
Em comunicado, a companhia atribuiu parte do resultado à revisão da provisão para a disputa judicial travada com a Oracle, que a acusou de pirataria de software e violação de direitos autorais. Após a decisão inicial da corte dos Estados Unidos, que condenava a SAP a pagar uma multa de US$ 1,3 bilhão à Oracle, o valor desta foi reduzida a US$ 272 milhões, com a opção da realização de um novo julgamento caso a Oracle rejeite o novo valor estipulado. Pelo sétimo trimestre consecutivo, as receitas de software e de serviços e software registraram crescimento. O faturamento de serviços e software, por sua vez, alcançou 2,6 bilhões de euros (US$ 3,6 bilhões), elevação de 16%.
Hewlett-Packward
A Hewlett-Packward (HP), uma das grandes parceiras de hardware da SAP, anunciou a conclusão da avaliação das alternativas estratégicas para o seu Grupo de Sistemas Pessoais (PSG, na sigla em inglês), e decidiu que a divisão da empresa de computadores pessoais continuará fazendo parte do conglomerado. A HP avaliou o impacto estratégico, financeiro e operacional da separação da área do PSG. “Após concluir nossa análise, ficou evidente que manter a área dentro da HP é o melhor para os clientes e sócios, bem como para os funcionários”, declarou Meg Whitman, presidente global da companhia.
A análise estratégica contou com especialistas de diferentes divisões e funções. A avaliação baseada revelou a profundidade da integração ocorrida em operações-chave como cadeia de suprimentos, TI e aquisições. Também foram verificadas as importantes contribuições da área de PSG para o portfólio de soluções da HP e o valor da marca de maneira geral.
10.000Tecnologia

Treinamento PMP, PMP, PMI, Cursos, Curso SAP, Cobit, Itil, Iphone, Ipad, PMI 4 Edicao, Treinamento, Gerenciamento de Projetos, Pmi Pmbok, Certificação PMP, Projeto PMI, Curso PMP, Funcional

SAP: passo a passo na área bancária

Por Maurício Renner,

O Banco Intermedium S.A, instituição financeira mineira com atuação em ramos como crédito imobiliário, consignado e capital de giro, entre outros, começará a implementar até o final do ano a solução completa de gestão da SAP.

A nova conta é parte de um movimento paulatino da multinacional no sentido de conseguir clientes que adotem suas ferramentas no coração do negócio, e não apenas no backoffice.

Além dos mineiros, a SAP Brasil já fechou contratos dessa abrangência com o banco cooperativado Unicred, presente em todo o Brasil, e o com o BRDE, banco regional da região Sul controlado pelos governos do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Em nivel mundial, a área financeira é o segmento no qual a SAP tem a menor penetração percentual – 57% da listagem Fortune 2000 contra 83% na área de manufatura discreta, berço do sistema da empresa.

A situação mais aguda no Brasil, onde anos de inflação descontrolada deixaram como legados avançados sistemas de gestão baseados em plataforma mainframe.

Mesmo assim, os executivos das empresas aguardam mudanças no longo prazo.

“Organizações com 30 milhões de clientes não vão mudar de sistema de uma hora para outra. Será um movimento paulatino”, avalia Eduardo Strazzeri, vice presidente comercial de grandes contas da SAP Brasil.

* Maurício Renner viajou a Campos do Jordão para o Encontro com a imprensa 2011 da SAP a convite da multinacional alemã.

Treinamento PMP, PMP, PMI, Cursos, Curso SAP, Cobit, Itil, Iphone, Ipad, PMI 4 Edicao, Treinamento, Gerenciamento de Projetos, Pmi Pmbok, Certificação PMP, Projeto PMI, Curso PMP, Funcional

Cielo tem dia perfeito, leva 2º ouro e ajuda Thiago Pereira na busca por recorde

Por Roberta Nomura | Em Guadalajara (MEX)

A ida de Cesar Cielo ao hospital na noite de sexta-feira causou preocupação. A competição de natação do Pan de Guadalajara perderia sua principal estrela. Mas tudo não passou de um susto. O campeão olímpico e bi mundial não só nadou como teve 100% de aproveitamento em seu primeiro dia de disputa: levou o ouro nos 100 m livre e no revezamento 4×100 m livre. Além disso, o paulista ajudou o amigo e companheiro Thiago Pereira na busca por recorde de medalhas.

Cesar Cielo nadou a segunda prova da noite e levou seu segundo ouro no Pan de Guadalajara – repetindo desempenho de quatro anos atrás – com o tempo de 3min14s65, com Nicholas Oliveira fechando a prova e cravando o novo recorde da competição.

O tempo de recuperação foi de apenas duas provas, e o campeão olímpico voltou às piscinas. Agora, para compor o forte revezamento brasileiro dos 4×100 m livre ao lado de Bruno Fratus, Nicholas Santos e Nicolas Oliveira.

“Ganhar é sempre uma grande emoção e ganhar com os amigos é melhor ainda. Estamos andando para a Olimpíada com um grande revezamento”, afirmou à Record Cielo, seguido por Oliveira. “A gente estava mais preocupado com o ouro do que com o tempo. Com recorde fica com um gostinho melhor.”

Na eliminatória, a equipe verde-amarela foi composta por Gabriel Mangabeira, Henrique Rodrigues, Thiago Pereira e Nicholas Santos. A participação na prova classificatória foi suficiente para Pereira garantir seu segundo ouro neste Pan – o primeiro veio nos 400 m medley.

O nadador fluminense ainda nadará os 200 m medley, 100 m e 200 m costas, 200 m peito, além dos revezamentos 4×100 m medley e 4×200 m livre. Ele tenta superar a marca obtida no Rio-2007 de  seis ouros, uma prata e um bronze.

Trainning education apoia Cesar Cielo desde 2009. Parabéns Cesão.

Treinamento PMP, PMP, PMI, Cursos, Curso SAP, Cobit, Itil, Iphone, Ipad, PMI 4 Edicao, Treinamento, Gerenciamento de Projetos, Pmi Pmbok, Certificação PMP, Projeto PMI, Curso PMP, Funcional