13 de junho de 2013

SP: agentes flagram gata com celulares presos ao corpo em presídio

O animal seria utilizado para levar os aparelhos até o interior do presídio

Foto: Secretaria de Administração Penitenciária / Divulgação

Agentes de segurança da penitenciária Osiris Souza e Silva, em Getulina, no interior de São Paulo, capturaram uma gata carregando três celulares presos ao corpo com fita adesiva. O animal seria utilizado para levar os aparelhos até o interior do presídio. O fato inusitado foi registrado na noite desta terça-feira.

De boneca de crack ao pão com celular, veja fotos de ‘esconderijos’ do crime

Os agentes avistaram o felino andando com certa dificuldade na subportaria da unidade prisional e o atraíram com alimento, evitando que ele entrasse na penitenciária.

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou que a direção do presídio já investigava uma denúncia de que presos da unidade estariam tentando burlar a vigilância do local com o uso de animais domésticos.

Ainda de acordo com a SAP, esta é a primeira vez que um gato é usado para levar celulares para um presídio do Estado. Em maio do ano passado, pombos foram utilizados para transportar celulares para a penitenciária de Pirajuí, a 73 quilômetros de Getulina. Duas aves foram encontradas com espécies de mochilas presas ao corpo carregando celulares. Na ocasião, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as responsabilidades no caso.

Gato é flagrado com celular e serras
Em dezembro de 2012, a Superintendência Geral do Sistema Penitenciário (Sgap) de Alagoas apreendeu um gato entrando em um presídio de Arapiraca carregando serras, brocas, um aparelho celular, fone de ouvido, cartão de memória, baterias e um carregador. Segundo o órgão, o material estava preso no animal com fitas adesivas e seria endereçado a detentos do presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza.

De acordo com um dos agentes penitenciários que participaram da captura, o gato foi criado escondido por detentos nas dependências do presídio. Os agentes acreditam que, em um dia de visita, os familiares de um dos detentos tenham levado o animal para casa, onde prepararam a “encomenda”.

 

amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/brasil/infograficos/maus-tratos-animais/iframe.htmamp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/brasil/infograficos/maus-tratos-animais/iframe.htmamp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogramp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;ficoamp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/aamp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

Be Sociable, Share!

Speak Your Mind

*