17 de maio de 2011

Trainning Education Services – Blog do Curso SAP, Academia SAP, Treinamento SAP, Curso ASAP, Curso BAP, Curso ITIL, Curso PMP, Certificações,

Blog do Curso SAP, da Trainning. Aqui você poderá ficar informado do Curso e Treinamentos SAP, ASAP, ABAP, Academia SAP.

Termos mais buscados
  • baixando ide para desenvolver em abap

Trainning faz campanha com site de compra coletiva Desconto ao Vivo e oferece Curso ITIL + Exame por 590,00 40% OFF

Site de compra coletiva Desconto ao Vivo oferece curso ITIL V3 + Exame de Certificação ITIL de R$ 990,00 por R$ 590.00. Acesse o site www.descontoaovivo.com.br

Desconto de Hoje: 40% de Desconto no Curso ITIL V3 Foundations + Exame de Certificação ITIL V3 + Simulado ITIL para Certificação (de R$ 990,00 por R$ 590,00)

40% de Desconto no Curso ITIL V3 Foundations + Exame de Certificação ITIL V3 + Simulado ITIL para Certificação (de R$ 990,00 por R$ 590,00)
Desconto válido até 10/12/2010.

DESTAQUE

REGULAMENTO

40% de Desconto na formação de gestão e tecnologia ITIL V3 Foundations + Exame de Certificação (de R$ 990,00 por R$ 590,00)

Uma das principais certificações do mercado executivo e de tecnologia no momento.

Certificação reconhecida mundialmente.
A Trainning Education é um dos principais e maiores centro de treinamento em certificações profissionais do Brasil.
– O exame de certificação ITIL V3 na Trainning Education pode ser realizado em português.

– A Trainning Education patrocina César Cielo Campeão Mundial de Natação e Ganhou o Prêmio como melhor centro de Treinamento em 2010 pelo Top of Business e

Conteúdo Programático do curso ITIL Foundation V3

  • Introdução / Fundamentos do ITIL V3
    • Introdução ao cenário, desafios da TI, história  e evolução da ITIL®,
      revisão da ITIL V2, nova estrutura da ITIL V3 e comparativo ITIL® V2 x V3.
      Esquema de certificação profissional.
  • Gerenciamento de Serviço como uma Prática
    • Conceitos de serviços, gerenciamento de serviço,
      processos, funções e papéis.
  • Ciclo de Vida do Serviço
    • Estrutura, escopo, componentes e interfaces e processos existentes
      no ciclo de vida do serviço. Papel da Governança de TI no ciclo de vida.
  • Estratégia do Serviço
    • Conceitos: o que é estratégia, ativos de serviço, criação de valor, tipos de
      provedores.
      Processos: Gerenciamento de Portfólio de Serviço, Gerenciamento
      da Demanda, Gerenciamento Financeiro.
      Adoção de ferramentas na automação de serviços e tipos
      de ferramentas de suporte à Estratégia de Serviço.
  • Desenho do Serviço
    • A importância dos 4Ps, aspectos do Desenho de Serviço.
      Processos:Gerenciamento de Nível de Serviço, Gerenciamento do Catálogo
      de Serviço, Gerenciamento da Capacidade, Gerenciamento de Disponibilidade,
      Gerenciamento da Continuidade de Serviço de TI, Gerenciamento de Fornecedor.
      Tipos de ferramentas de suporte ao Desenho de serviço.
  • Transição de Serviço
    • Processos:  Gerenciamento de Mudança, Gerenciamento da Configuração e
      Ativo de Serviço, Gerenciamento de Liberação e Implantação, Gerenciamento
      do Conhecimento de Serviço.
      Tipos de ferramentas de suporte à Transição de Serviço.
  • Operação de Serviço
    • Processos: Gerenciamento de Incidente, Gerenciamento de Evento,
      Cumprimento de Serviço, Gerenciamento de Problema, Gerenciamento de
      Acesso. Funções:  Central de Serviços, Gerenciamento Técnico, Gerenciamento
      de Aplicativo, Gerenciamento de Operações de TI e Gerenciamento das
      Instalações.
      Tipos de ferramentas de suporte à Operação de Serviço.
  • Melhoria Contínua de Serviço
    • Modelo PDCA, Modelo de Melhoria de Serviço Continuada, tipos de métricas.
      Tipos de ferramentas de suporte à Melhoria de Serviço Continuada.
  • Tecnologia e Arquitetura
  • Simulados para Certificação ITIL V3 Foundations e dicas para
    realização do exame de certificação ITILV3 Foundations.

Cupom válido até 31/03/2011
Limite de uso de 2 cupons
por pessoa.
Pode ser comprado como presente.
Válido para as unidades da Trainning
Education em São Paulo e Rio de Janeiro.

Informar o código do cupom no momento
do agendamento, que deverá ser feito diretamente
com a Trainning Education ou pelo
telefone (11) 3171-2002
mediante disponibilidade do calendário.

Não cumulativo com outras promoções.

– O aluno deverá realizar sua matrícula de acordo com o calendário
de treinamentos
www.trainning.com.br/calendario.asp
da região.

– Desconto válido somente para novos alunos.

Sete tecnologias devem estar no radar dos CIOs nos próximos 3 anos

Sete tecnologias devem estar no radar dos CIOs nos próximos 3 anos

Redes sociais, integração de TI e TO e computação em nuvem são algumas das tecnologias fundamentais para o futuro das empresas.

Com a previsão de que a indústria de TI alcançará a incrível marca de 3,5 trilhões de dólares em receita em 2011; além da indicação de que o setor crescerá, sensivelmente, nos próximos cinco anos, o Gartner Inc., apresenta  questões que merecem atenção e estratégias mais claras dos analistas de negócios e de TI.

“Estamos cada vez mais vivendo, jogando e trabalhando em um mundo digital. Em breve, será quase inevitável não participar dele”, disse o vice-presidente da Gartner, Stephen Prentice, durante o Gartner Symposium / ITxpo 2010, que acontece em Cannes, na França, até a próxima quinta-feira (11/11).

“Em 2012, a Internet será 75 vezes maior do que era em 2002, por isso temos que considerar essa expansão. Hoje, se o Facebook fosse um país, ele estaria em terceiro lugar no mundo em quantidade populacional, atrás apenas da China e da Índia. Outras realidades importantes como o tráfego de dados e os dispositivos móveis também que não podem ser ignoradas. A receita de aparelhos portáteis como smartphones e tablets deve saltar dos 60 bilhões de 2010 para mais de 200 bilhões em 2020”, completou Prentice.

Como a indústria de TI caminha rumo a uma taxa composto de crescimento anual (CAGR) de quatro pontos percentuais durante os próximos cinco anos, a empresa de pesquisa identificou as sete tendências mais importantes em termos de negócios e TI. As sete questões incluem:

Integração entre Tecnologia da Informação (TI) e Tecnologia Operacional (TO)

Os executivos estão notando que é possível reduzir custos e aprimorar a eficiência de uma gestão, integrando as equipes de TI e de tecnologia operacional (TO). Apesar dos esforços serem desafiadores, os benefícios resultantes da simplificação dos orçamentos, do planejamento coordenado, das decisões mais consistentes em termos de estrutura tecnológica e, principalmente, da expansão do poder de compra, torna cada vez atraente e mais importante tal alinhamento.

Participação das empresas em mecanismos sociais

Até 2015, 80% não terão uma abordagem coerente para lidar com recursos coletivos. Hoje, as mídias sociais estão mudando a maneira de trabalhar e de realizar negócios. “Compreender o poder das comunidades, as expectativas de seus diferentes usuários, seus desejos e como é possível interagir com todos, está se tornando essencial para a realização de negócios no século 21”, declarou o vice presidente da Gartner, Ken McGee.

“No entanto, na próxima década, serão investidas grandes quantias financeiras e uma enorme quantidade de tempo para descobrir como líderes de negócios e TI aproveitarão melhor o poder e a influência das redes sociais”, completou McGee.

Pattern-Based Strategy

As estratégias baseadas em modelos fornece um mecanismo para procurar ativamente os principais indicadores, muitas vezes chamados de sinais “weak” que formam padrões no mercado.

“Descobrimos que os líderes sêniors das áreas de negócios e TI veem a falta compartilhamento de informações como uma barreira para o crescimento”, disse Prentice.

Computação em nuvem

Até 2016, todas as empresas do ranking da Forbes Global 2000 implementarão serviços na nuvem. Isso representa uma mudança no relacionamento entre os provedores e consumidores de soluções de TI. Ela constitui a fonte de uma grande mudança que resultará em um novo modo de relacionamento entre aqueles que usam e os que os vendem serviços de TI.

Segundo a Gartner, a receita mundial de serviços em nuvem (incluindo serviços públicos e privados) deve chegar a 148,8 bilhões dólares em 2014.

Context-Aware Computing

A computação consciente se aproveitará da situação para estabelecer uma nova era de realidade aumentada.

Mais de 150 bilhões de dólares em gastos globais de telecomunicação migrarão de serviços para aplicações até 2012, e o mercado global de serviços de conteúdo será de 215 bilhões de dólares.

Em 2016, um terço dos consumidores de marketing móvel do mundo será serviços de computação de conteúdo.

Sustentabilidade

Até 2016, questões de sustentabilidade crescerão nas despesas das empresas. Diante das previsões climáticas, as organizações devem se antecipar ao debate sobre questões fundamentais como energia, água e os gases causadores do efeito estufa, como também sobre esgotamento de recursos naturais, extinção de espécies, bio-diversidade e justiça ambiental.

Para isso, os sistemas de informação serão fundamentais na administração, controle e observação dos serviços corporativos voltados para responsabilidade social, permitindo novos e mais sustentáveis modelos de negócio. No entanto, ainda será inevitável que existam dilemas entre o desempenho financeiro e operacional de uma empresa e seu desempenho ambiental.

Novas Realidades

Com a recente recessão global, os executivos devem encontrar novas maneiras de promover crescimento a suas empresas em termos de receita, empregos e participação na indústria. Diante deste novo clima de negócios, custos e otimização dos valores devem ser prioridade, durante a busca pela expansão contínua.

A Trainning Education realiza treinamentos e cursos pioneiros na área de Tecnologia, Governança e Negócios. Neste próximo ano teremos atualizações na área de projetos Pmi, SAP, ITIL e Cobit, Analista de Negócios BPM e BPMN.

www.trainning.com.br

11 31712002

Cloud Computing invade as empresas em todo mundo

Cloud Computing invade as empresas em todo mundo

Computação em Nuvem é o conceito de alugar serviços, o que não é novidade na área de TI. A décadas empresas podem dividir o espaço em um único mainframe com grandes unidades de fita . A indústria da tecnologia amadureceu a ponto de que agora há um mercado de massa emergente para este modelo de aluguel.

Liderados pela Amazon, a maioria dos serviços em nuvem tem sido visado para usuários finais, como a legião de Facebook e iPhone desenvolvedores de aplicativos que descobriram que podiam alugar uma classe de infra-estrutura de computação de primeira na mosca.

Agora provedores de cloud computing estão tentando trazer estes tipos de serviços flexíveis para o mundo mais conservador e lucrativo de grandes corporações. Embora a maioria das grandes empresas têm tido os seus primeiros passos cautelosos na nuvem, muitos estão preocupados com as falhas de dados e de liberação lenta de dados em uma rede. Eles também temem que as suas informações confidenciais podem estar vulneráveis em sistemas de outra empresa, fora do seu controle.

Os funcionários da subsidiária da Amazon Web Services estão atualmente em uma excursão por todo mundo para dissiminar a tecnologia cloud para novas empresas, não importando o tamanho.

No modelo Cloud Computing as empresas pagam apenas pelos serviços de TI que utilizam. Os clientes eliminam o custo inicial do hardware do computador e podem comprar os serviços ou armazenamento sob demanda.

As empresas têm também utilizado o Cloud como um sistema de backup, seja para lidar com picos repentinos na demanda ou de computação para manter as informações em um local secundário em caso de um desastre. Em outro modelo de nuvem, defendida por empresas como a VMware e a IBM, as empresas de tecnologia ajudam as grandes empresas desenvolverem “nuvens privadas” em seus próprios centros de dados, de modo que vários departamentos e funcionários podem alugar capacidade de computação em que precisar, sem assumir compromissos de grande orçamento.

Outra grande que esta investindo pesado nas plataformas cloud computing é a Microsoft, que lança este ano os Servidores Azure e o Pacote Office já com base no Cloud Computing e valores acessíveis.

“Com esta demanda emergente e um futuro certo e inevitável a Trainning Education vai lançar um pacote de treinamentos visando o Cloud Computing. Como parceiro oficial da Microsoft Learning Solution já possuimos cursos disponíveis para essa plataforma.” Diz Jacques da Trainning Education

Para mais informações acesse www.trainning.com.br

Trainning Education treinamento Analista de Negócios de TI baseado no Babok 2.0 e com base em BPM, BPMN e Mapeamento de Processos

Formação ANT - Analista de Negócios de TI

Nossos cursos preparam profissionalmente nossos alunos para carreira em Analista de Negócios. Profissionais capacitados e certificados Analista de Negócios de TI pelo IIBA  são mais bem remunerados na sua área. O curso contempla BPM, BPMN, Mapeamento de Processos e Gestão de Negócios de TI. No site da Trainning Education www.trainning.com.br nossos alunos podem fazer download grátis de apostila, simulado para certificação, softwares, livros, Curso e Treinamento Analista de Negócios, Babok 2.0, BPM, BPMN, Cmmi, PMP PMI, Project, Ferramentas de Projetos, SAP, SAP Abap, SAP BW, SAP Basis, ITIL, Cobit, PMi PMP, PMBOK,  Mini SAP, Analista de Negócios Babok 2.0, Abap, Project, entre outros www.trainning.com.br/download.asp . Nosso curso Analista de Negócios de TI já se encontra baseado no BABOK 2.0. Para realizar sua inscrição no curso Analista de Negócios de TI baseado no Babok 2.0 e com base em BPM, BPMN e Mapeamento de Processos,  acesse www.trainning.com.br/inscricao.asp ouhttp://www.trainning.com.br/ant_analistadenegocios.asp ou ligue para o telefone 11 3171-2002. A Trainning Education também oferece aluguel locação de sala, auditório e laboratório de informática. Acessewww.trainning.com.br/aluguel_salas.asp

Curso ITIL Expert para versão do ITIL V3 é lançada na Trainning Education

Para alcançar a certificação ITIL Expert, os candidatos devem ganhar 22 créditos, dos quais 2 pode ser adquirida a nível Foundation. Um curso de ponte entre v2 e v3 também está disponível. Existem três níveis dentro do novo regime:

A Trainning Education oferece o curso ITIL V3 Expert nas suas unidades e in company. Acesse o site www.trainning.com.br ou 11 31712002.

Cursos para Certificação ITIL V3 Expert:

  • ITIL v3 Foundation nível
  • ITIL v3 nível intermediário
  • Cursos Lifecycle Service
  • Capacidade de Cursos de serviço
  • Curso Intermediário de Capstone
  • ITIL Nível Avançado

A Trainning Education também oferece os cursos ITIL, Cobit, Pmi, Pmp, Sap, Sap Funcional, Analista de Negócios, BPM, BPMN, Abap, Basis, Análise de Pontos de Função.

Vídeo: O que é a Carreira Analista de Negócios de TI?

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=UQh1Q68idHA]

Trainning Education: Analista de Negócios de TI
www.trainning.com.br

Trainning assina Contrato com Aeronática para Formação em Análise de Negócios e Continuidade de Negócios

www.trainning.com.br

Sete fatores críticos para o sucesso dos projetos com BPM

Em um estudo sobre BPM (gestão dos processos de negócio), a consultoria Gartner listou um conjunto de sete fatores não ligados à tecnologia, mas que precisam estar no radar dos CIOs que quiserem obter sucesso nesse tipo de projeto.

De acordo com Bill Rosser, relator do estudo e vice-presidente do Gartner, a adequação a essas questões tende a se traduzir em uma melhor rentabilidade dos projetos e em um aumento do interesse das áreas de negócio em adotar o BPM.

1.    Escopo limitado – Para resultados melhores, comece menor, aconselha Rosser. Além de ser mais fácil de implementar, o projeto menor permite uma análise mais apurada de resultados.  

2.    Alto valor – Os projetos para melhoria na performance dos negócios precisam ser priorizadas de acordo com as próprias necessidades de cada empresa.

3.    Alinhamento claro de objetivos – Outro parâmetro a considerar para a seleção dos processos que precisam ser priorizados é o alinhamento com os objetivos ou estratégias das unidades de negócio ou divisões da organização.

4.    As métricas adequadas – Só com as ferramentas certas de análise as companhias podem ter a certeza de que o BPM trouxe os resultados esperados.

5.    Envolvimento da organização – Todos os executivos envolvidos em um processo precisam trabalhar juntos para definir quais as melhorias esperadas de performance.

6.    Ter os interlocutores certos – Para que o projeto siga da forma adequada e consiga o apoio das diversas áreas da organização é necessário eleger um profissional com capacidade de entusiasmar as pessoas como o divulgador da iniciativa.

7.    Engajamento dos usuários –  Por fim, a consultoria aponta que as pessoas que no dia-a-dia estão envolvidas com os processos que serão afetados pelo BPM contribuem de forma relevante para o sucesso, ou o fracasso, das iniciativas. Para tanto, elas devem ser informadas de quais as perspectivas de que isso melhore seu trabalho e se sintam parte do projeto.

As competências de TI mais desejadas pelos gestores

A seguir, seguem as competências essenciais para os CIOs, na visão de especialistas e de profissionais  que atuam no setor:

Conhecimento do negócio – Por mais interessantes que as tecnologias pareçam para a equipe de TI, os argumentos técnicos não podem ser utilizados para justificar um projeto para a diretoria e as demais áreas da organização. Assim, os CIOs devem conhecer a fundo o negócio da companhia para entender como as iniciativas da sua área estão alinhadas aos objetivos da organização e quais os resultados práticos esperados.

“Um projeto de TI é um investimento como qualquer outro da empresa e, em muitas ocasiões, pode inclusive concorrer com as demais áreas”, afirma o gerente de sistemas da Basf no Brasil, Ricardo Crepaldi. “Uma reestruturação de parque tecnológico, por exemplo, necessita estar alinhada à necessidade de crescimento da empresa. Não faz mais sentido trocar só por trocar.”, acrescenta o executivo.

Capacidade de comunicação – No dia-a-dia das organizações, boa parte das atividades de TI passa despercebida pelos funcionários da companhia. Na realidade, o CIO e a sua equipe só são lembrados em situações negativas, como quando o sistema cai ou o computador para de funcionar. Com isso, a imagem do trabalho da área de tecnologia da informação fica prejudicada dentro das organizações. E o pior, essa percepção chega até o board da companhia, o que reflete diretamente no humor de investimentos em novos projetos.

O CIO que pretende reverter essa situação precisa estar preparado a estruturar uma melhor comunicação de sua área com todos os stackeholders da organização. Para tanto, precisa investir em ferramentas que o ajudem a divulgar as iniciativas de TI a toda a companhia, bem como criar um canal para que os diversos usuários consigam expressar opiniões sobre produtos e serviços oferecidos pela equipe de tecnologia.

Gestão de pessoas – Os resultados da área de TI também estão diretamente relacionados à capacidade que o CIO tem para recrutar, reter e desenvolver seus colaboradores. Assim, a sócia da consultoria brasileira Career Center – especializada em gestão estratégica e recolocação profissional –, Karin Parodi, aconselha que esses profissionais estejam atentos à gestão de pessoas e não deleguem essa função apenas para a área de recursos humanos.

Essa capacidade de gestão e motivação das equipes é essencial a qualquer profissional em posição de liderança, mas tende a ser ainda mais crítica na TI, uma vez que trata-se de um setor no qual faltam pessoas capacitadas e, portanto, a retenção de talentos é essencial.

Perfil inovador – Quando buscam um profissional para ocupar a posição de CIO, as empresas buscam pessoas com postura voltada à inovação, de acordo com a diretora de TI e telecom da consultoria brasileira de recrutamento de executivos Fesa, Ana Luiza Loureiro Segall.

“Na prática, isso seria, por exemplo, representado por um CIO que, antenado aos lançamentos do mercado no qual atua, percebe uma nova maneira de se relacionar com os clientes e leva essa sugestão à área de marketing”, exemplifica Ana Luiza.

Conhecimento técnico – Um levantamento realizado pela consultoria norte-americana Diamond Management & Technology apontou que um dos pecados que o CIO comete é distanciar-se do conhecimento técnico. De acordo com o estudo, sem essa habilidade, o profissional não consegue saber como o departamento de TI pode contribuir com as demais áreas da organização e não consegue liderar sua própria equipe.

Na mesma linha, uma pesquisa realizada pelo diretor de tecnologia da informação da Halliburton no Brasil, Etienne Vreus, com 111 gestores de TI de empresas brasileiras, aponta que o conhecimento técnico é uma das sete competências essenciais ao CIO atualmente

Melhores Competências de TI

Melhores Competências de TI